Blog Clube Auge.

Seus pequenos preparados para o mundo.

10 passos para ensinar às crianças o conceito de consumo consciente

consumo consciente preservação meio ambiente crianças

10 passos para ensinar às crianças o conceito de consumo consciente

consumo consciente preservação meio ambiente crianças

O consumismo, ou seja, o ato de comprar sem necessidade é um mal que afeta muitas pessoas, inclusive, as crianças. Por isso, é preciso ensiná-las desde cedo o conceito de consumo consciente.

O consumo faz parte da nossa realidade e, principalmente, a geração Alpha (nascidos a partir de 2010) já crescem bombardeados por publicidades em todos os meios. As propagandas que mostram um mundo de coisas novas, excitantes e maravilhosas estão nos intervalos da programação de TV, nos desenhos de plataformas streaming e nos jogos infantis.

Com tanta variedade de produtos e serviços sendo oferecidos a todo momento e em todos os lugares, é fácil para as crianças interpretarem que estão sendo privadas se não os tiverem.

Para ajudar os pais e responsáveis, vamos explicar, neste artigo, por que é importante ensinar sobre consumo consciente às crianças e como os adultos podem fazer isso.

Você vai ver que quando os pequenos aprendem a consumir de maneira saudável, eles têm a autoestima e autoconfiança fortalecidos evitando, assim, problemas como a ansiedade, a agressividade e a depressão. Boa leitura!

 

Consumo consciente X realidade consumista

O consumo consciente tem um significado amplo. Ele envolve comportamentos sociais, éticos e econômicos. Ou seja, mais do que tomar uma decisão responsável no processo de compra, consumir de maneira saudável consiste em avaliar as práticas de trabalho das empresas, os impactos no meio ambiente e as finanças da família.

Entretanto, como já citamos, vivemos em uma sociedade pautada pelo consumo simples e direto. Somos muito influenciados pelas campanhas publicitárias, inclusive as crianças.

Na verdade, elas acabam sendo até mais influenciadas, já que não têm consciência de que são induzidas pelos profissionais de marketing a querer algo. E o pior: elas passam a acreditar que os produtos e serviços oferecidos são essenciais para a felicidade delas e nunca estão satisfeitas com o que têm. Desta forma, querem sempre mais.

No meio disso, como a família deve agir para alertar as crianças sobre os perigos do consumismo e fazê-las compreender o significado do consumo consciente?

Parece complicado, mas você vai ver que é possível. Veja, a seguir, 10 passos para ensinar às crianças o conceito de consumo consciente.

 

1 – Bom exemplo

Sem dúvidas, este é o primeiro e mais importante passo para ensinar uma criança a consumir de maneira saudável.

Valorize mais o “ser” do que “ter”. Ou seja, demonstre a importância de ser empático e respeitoso para estar bem consigo mesmo e ter bons relacionamentos.

Mostre para a criança que não é necessário ter a roupa de marca ou o brinquedo do momento para fazer amigos, ser realizado e feliz. Não seja materialista. Seu filho verá o seu exemplo e irá segui-lo.

 

2 – Envolva seu filho nas decisões de compra

Aproveite para ensinar à criança a importância do planejamento para o consumo saudável. Façam uma lista juntos e mostre a diferença entre o necessário e o supérfluo.

Ensine com suas próprias atitudes que o consumo consciente também reflete no futuro do meio ambiente e da humanidade.

 

3 – Não ceda às chantagens de seu filho

As crianças costumam dizer: “Todos meus amigos têm”. E muitos pais ficam angustiados com isso, acabam cedendo e comprando o que o filho deseja. Entretanto, desta forma, eles privam as crianças da oportunidade de aprender habilidades socioemocionais essenciais para a vida.

 

4 – Desenvolva a gratidão na criança

A gratidão envolve saber contemplar o belo e apreciar o que tem, em vez de se concentrar no que gostaria de ter.

Saiba mais no artigo “Como e por que ensinar gratidão às crianças?”.

 

5 – Seja sincero com seu filho

Se você não pode pagar por algo que a criança deseja, diga a verdade a ela. É importante também evitar dar tudo o que os filhos pedem, pois assim eles podem relacionar, erroneamente, o amor dos pais ao ato de ganhar presente deles.

 

6 – Ofereça escolhas limitadas

Quando for às compras com seu filho, não deixe que ele escolha o que quer livremente. Para crianças de até 5 anos, você pode sugerir 2 ou 3 opções para ela selecionar uma. Para as maiores, diga qual a quantia de dinheiro limite disponível para ela poder escolher o que deseja.

 

7 – Incentive a solidariedade

A compreensão do que é o consumo consciente também passa pela solidariedade. Assim, quando a criança ganhar roupas ou brinquedos novos, ajude-a a separar os antigos em bom estado para doação.

Quando for entregá-los, leve seu filho junto para que ele veja a alegria de quem recebe as doações.

 

8 – Estimule a reciclagem

Explique ao seu filho a diferença dos materiais e como eles devem ser separados para a reciclagem.

Você também pode mostrar que é possível transformar uma caixa de sapato, por exemplo, em um brinquedo e, assim, falar sobre a importância do reaproveitamento para a construção de um mundo sustentável.

 

9 – Evite o desperdício de comida

Ensine seu filho que é melhor colocar pequenas porções no prato e repetir se ainda estiver com vontade de comer.

Uma boa forma de ensinar sobre isso também é envolver a criança no preparo dos alimentos e mostrar que é possível congelar porções, reaproveitar sobras do almoço para fazer novas receitas para o jantar e ainda preparar marmitas e doar a pessoas carentes.

 

10 – Converse sobre economia de água e energia

Fale com seu filho sobre a importância de fechar a torneira ao escovar os dentes, tomar banhos rápidos e de desligar aparelhos eletrônicos quando não estiverem sendo utilizados.

Todos esses passos devem ser seguidos diariamente para fazerem parte da rotina das crianças. Assim, elas terão o conceito de consumo consciente bem desenvolvido e poderão até ser exemplo para os amigos e familiares.

Gostou das nossas dicas? Aproveite para ler o artigo “Consciência crítica: ensine seu filho a fazer boas escolhas”.

 

 

Powered by Rock Convert
Compartilhe em suas redes sociais!